As azáleas pertencem à família do rododendro. São bonitos arbustos com flores que podem ser cultivados tanto no interior como no exterior. Com as suas flores brilhantes e coloridas, embelezam qualquer jardim ou casa e são uma das flores para o Dia da Mãe mais bonitas. E se conhecer os conselhos e truques certos, cultivar azáleas não é assim tão complicado! A escolha do solo, o local de plantação ou a fertilização são alguns pormenores importantes de cultivo. No final deste artigo, saberá como cultivar azáleas – plantar, cuidar e fazê-las florir todos os anos. Siga o guia!

Caraterísticas das azáleas

A origem das azáleas é asiática e, no Japão, são talvez as plantas mais comuns das paisagens japonesas.

Caraterísticas das azáleas

A azálea ou azalea faz parte do género rhododendron desde o século XIX. Mas a história das azáleas mostra que nem sempre foi assim pois existem diferenças botânicas significativas entre a azalea e o rhododendron. Tanto entre botânicos como entre apreciadores de arbustos floridos, a distinção persiste. Este arbusto pode ser dividido em dois tipos de azáleas: azáleas de folhas caducas e azáleas de folhas persistentes.

Esta planta é um arbusto e, por isso, a azálea tem um ciclo de vida que varia entre 10 e 15 anos. Durante este período, a azálea floresce magnificamente tanto como planta interior como planta exterior. São plantas que se desenvolvem bem em solos bem drenados e em locais frescos com alguma sombra. A azálea floresce entre dezembro e maio, dependendo da variedade, mas a floração pode facilmente durar 3 a 4 meses! A azálea japonesa ou azalea japonica é um dos tipos de azáleas mais populares. Esta variedade tem flores brancas, rosadas, vermelhas ou roxas que cobrem a maior parte da folhagem na Primavera. As azáleas são bonitas plantas para mães.

Lembre-se que estas plantas não são adequadas para climas quentes e secos. De facto, as condições climatéricas tornam-se difíceis para as azáleas quando a temperatura excede os 25°C. No seu habitat natural, esta planta originária do Japão e da China, cresce nas encostas das montanhas onde as noites são frescas.

Se tiver filhos ou animais de companhia, deve tomar algumas precauções, pois as flores e folhas destas plantas floridas são venenosas.

Como plantar uma azálea?

Plantar bem estas plantas é um dos segredos do cultivo. Uma vez bem enraizados, não necessitam de muita manutenção.

Período de plantação

O primeiro passo é plantar as azáleas na estação certa. A melhor altura é no outono ou na primavera, quando já não há geada.

Exposição

Ao ar livre, a azálea de folhas persistentes prefere uma ligeira sombra, enquanto a azálea de folhas caducas precisa de sol matinal para florescer bem. Em todos os casos, evite o sol quente da tarde. No interior, as azáleas gostam de locais luminosos, mas sem incidência de sol direto e longe de fontes de calor.

Solo

Estas plantas crescem naturalmente em solo ácido e rico em húmus. É por isso que a adição de terra de urze é recomendada aquando da plantação. E enquanto a sua azálea se dará bem em solo com um pH neutro, evite a todo o custo o solo calcário.

Plantação de uma azálea de interior

Interior – Plantação de uma azálea num vaso

Escolha um vaso com um diâmetro de pelo menos 30 cm e com profundidade suficiente. Como para a maioria das plantas em vaso, comece por colocar uma camada de bolas de argila expandida no fundo do vaso. Depois prepare uma mistura de substrato de folhas e terra de urze (50/50). Coloque a azálea no fundo do vaso e cubra as raízes com a terra. Regue generosamente. Escolha um local perto de uma janela virada a leste ou norte para colocar a sua azálea.

Plantação de uma azálea de exterior

Exterior – Plantação de uma azálea no jardim

Comece por cavar um buraco com 80 cm de diâmetro e 50 cm de profundidade. Em seguida, solte a terra no fundo do buraco. Junte uma camada de terra preparada com uma mistura de terra de jardim e terra de urze (ou substrato de folhas). Coloque a planta no buraco, tendo o cuidado de não o enterrar demasiado fundo, pois as raízes da azálea são pouco profundas. Regue generosamente e mantenha o solo húmido durante os meses seguintes. Para ajudar a manter a terra húmida no verão, faça uma cama de palha ou de casca de pinheiro junto ao pé da sua azálea.

Como cuidar de uma azálea?

Os cuidados das azáleas limitam-se à rega e à fertilização da planta.

Rega – Como regar uma azálea?

Utilize sempre água não calcária para regar a planta. A água da chuva é ideal se a puder recolher. Note também que as azáleas precisam de mais água durante os períodos quentes. Contudo, as azáleas de folhas persistentes precisam de menos água do que as azáleas de folhas caducas. Desde o início da primavera até ao início do outono, adicione fertilizante à água de rega uma vez por mês. Escolha um adubo específico para rododendros.

Floração das azáleas

Floração

1 – Como fazer florir novamente uma azálea de exterior?

Na primavera, aplique um fertilizante de longa duração na superfície do solo junto ao pé da planta.

2 – Como fazer florir novamente uma azálea de interior?

No interior, para que a planta volte a florescer, é necessário proporcionar-lhe um período de frio. Durante o outono e o inverno, coloque a sua azálea num local mais fresco. A temperatura ideal é de cerca de 10-16°C durante a noite. É aconselhável, portanto, levar a sua azálea para o exterior, desde que não faça geada. Aplique fertilizante líquido a partir de março. E não se esqueça de replantar o seu arbusto num vaso maior em cada 2 ou 3 anos.

Poda – Como podar uma azálea com sucesso?

A azálea é um arbusto que não necessita de podar. Contudo, se quiser realizar uma poda ornamental ligeira, faça-a após o período de floração.

Sinais de alarme – Como salvar uma azálea?

  • Se a sua azálea mostrar sinais de descoloração ou amarelamento, adicione um adubo rico em ferro e magnésio. Verifique também o teor de calcário da água e do solo.
  • As folhas e botões da sua planta começaram a ficar com tons castanhos? Pode ser devido a demasiada rega ou solo mal drenado. Se for este o caso, reduza a rega ou adicione mais terra de urze ao solo.
  • Se as folhas enfraquecerem e ficarem descoloradas e os botões apresentarem deformações, pode ser uma praga de ácaros-aranha vermelhos. Este ataque acontece frequentemente às azáleas de interior quando a temperatura é demasiado quente ou o ar demasiado seco. Neste caso, duche a sua planta e depois pulverize regularmente a folhagem.

Doenças e pragas – Como lutar contra as doenças e pragas da azálea?

As azáleas são plantas naturalmente resistentes a doenças e pragas. No entanto, quando as condições de cultivo não são as ideais, são mais suscetíveis a ataques:

  • O fungo phytophthora cinnamomi, instala-se nas raízes da azálea quando o solo não está a ser suficientemente drenado. Quando as azáleas são afetadas por este fungo, não há forma de as salvar e a única coisa a fazer é queimar a planta.
  • As azáleas em vaso são muitas vezes atacadas por afídeos e ácaros-aranha. Mas estes são bastante fáceis de eliminar, bastando duchar na planta e depois pulverizá-la com uma mistura de sabão preto e água.

Agora já conhece todas os conselhos para fazer florescer a sua azálea e cuidar da sua planta durante todo o ano. Descubra outras plantas floridas que florescem nos meses de verão na nossa seleção de plantas para a Primavera!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top