Descubra como cuidar de flores numa sepultura, uma tradição funerária que remonta à pré-história. A ornamentação de sepulturas e túmulos com flores e plantas é tanto um sinal de respeito e admiração pela vida do falecido, como um sinal de afeto. Nem todos os costumes envolvem a ornamentação de uma sepultura com flores.
Após o enterro dos judeus, os parentes colocam uma pedra, símbolo de tristeza duradoura, sobre a sepultura do falecido. Por vezes, são oferecidas flores de luto, mesmo sem haver uma sepultura ou um túmulo. E o caso das culturas asiáticas e na religião budista onde a cremação é a regra e não o enterro.
Em Portugal, é ainda muito comum decorar a sepultura com arranjos florais e plantas em vasos, floreiras ou na terra ou mesmo plantar arbustos à volta da sepultura.

Naturalmente, coloca-se a questão de como cuidar das flores e das plantas, o que nem sempre é fácil quando não se pode visitar o cemitério com a frequência necessária para cuidar das sepulturas. No entanto, cuidar de flores numa sepultura é um sinal de deferência para com a pessoa amada que nos deixou. A Interflora, indica alguns conselhos sobre como cuidar de flores de luto no cemitério – numa sepultura, túmulo ou jazigo.

Escolher as flores adequadas para a sepultura

Coroa branca a partir de 299.00 €
Homenagem Rosa a partir de 119.00 €
Coroa com Flores Mistas a partir de 129.00 €
Doce despedida a partir de 69.99 €

Geralmente, cuidar de flores numa sepultura significa renová-las com alguma frequência. Mas quais são as flores de cemitério que deve escolher, quando as colocar e quando as renovar? Normalmente, as flores de cemitério são colocadas na sepultura durante todo o ano, embora muitas famílias escolham apenas o Dia de Todos os Santos ou a Festa dos Mortos para o fazer. É importante seguir alguns códigos da linguagem das flores quando escolher as flores de cemitério. Flores muito coloridas, como as flores amarelas ou laranjas, não são geralmente recomendadas. Flores como as rosas vermelhas são principalmente reservadas para relações de amor apaixonado, como entre um viúvo e o seu cônjuge falecido. As flores brancas, tais como ramos de lírios ou rosas brancas, são um símbolo de pureza e são frequentemente escolhidas para honrar a memória inocente de uma criança.

Almofada de flores brancas de luto - Interflora

Quer opte por colocar um ramo de flores na sepultura, como um bonito arranjo de flores cortadas quer opte por plantas em vaso, em floreiras ou na terra, é importante conhecer o significado das flores de luto:

  • Os crisântemos, são as estrelas do Dia de Todos os Santos, um símbolo de eternidade.
  • Azáleas brancas significam a felicidade de ter amado.
  • Anémonas, são um sinal de luto por excelência, exprimem a tristeza de perder alguém.
  • Dálias são um testemunho de gratidão e reconhecimento, mesmo post-mortem.
  • Saponárias exprimem pesar e tristeza.
  • Diz-se que as peónias afastam os maus espíritos.
  • As begónias enviam uma mensagem sincera de amizade, tal como as hortênsias.
  • Perpétuas transmitem uma forte emoção – como o nome sugere – de que se sente uma dor eterna.

Alguns conselhos para cuidados fáceis

Coroa branca a partir de 299.00 €
Homenagem Rosa a partir de 119.00 €
Coroa com Flores Mistas a partir de 129.00 €
Doce despedida a partir de 69.99 €

Se tiver a possibilidade ou a vontade de visitar a sepultura muito regularmente, não hesite em optar por flores cortadas. Ao mudar-lhes a água regularmente e ao colocá-las abrigadas da luz solar direta, pode fazê-las durar o máximo de tempo possível. Também pode escolher plantas anuais ou bienais, como papoilas, margaridas ou os amores-perfeitos. Requerem mais atenção, mas quando plantadas em vasos, floreiras ou na terra, criam um efeito muito bonito.

Flores artificiais

Se for difícil prestar tributo ao falecido com muita frequência, escolha plantas que requerem uma manutenção mais simples. O objetivo é que estas plantas, conhecidas pela sua resiliência ou renascimento fácil, possam resistir a uma longa ausência sem murchar. Esta é uma das muitas qualidades geralmente atribuídas aos bolbos que florescem facilmente e sem intervenção significativa. Um pouco de fertilizante orgânico, algum substrato de jardim, e ocasionalmente uma simples replantação, é tudo o que é necessário fazer. Jacintos, narcisos e tulipas são flores que estarão sempre bonitas sem exigir os cuidados de um jardineiro experiente!

Gipsofila

No entanto, por vezes é necessário combinar a fácil manutenção com o respeito pelo local onde o monumento funerário foi colocado. A este respeito, os arbustos e as plantas arbustivas não são por vezes a melhor escolha. Embora sejam muito apreciados pela sua facilidade de manutenção e qualidades ornamentais, são proibidos em cada vez mais cemitérios. Em primeiro lugar, porque o seu desenvolvimento radicular pode danificar as lápides. Em segundo lugar, porque o seu crescimento levanta questões de segurança para o pessoal de manutenção do cemitério. Portanto, não se esqueça de escolher plantas segundo as regras do cemitério.

Alternativas de fácil manutenção: plantas artificiais, perenes…

Por vezes, a falta de tempo, recursos ou simplesmente a dificuldade de manutenção pode dissuadir as pessoas de colocar flores na última morada de descanso de um ente querido. No entanto, há soluções alternativas para mostrar os sentimentos sinceros de cada um em relação ao falecido.

Por exemplo, pode optar por plantas artificiais que reproduzem muitas variedades como, por exemplo, os gerânios. Mais uma vez, a Interflora sugere alguns cuidados de manutenção que contribuem para uma maior duração da ornamentação floral. As plantas semi-artificiais podem parecer mais realistas, com elementos naturais como a madeira. Contudo, estes elementos não são resistentes nem à chuva nem aos raios UV. As plantas semi-artificiais devem, portanto, ser preferidas no caso de ornamentação de um jazigo. Em ambientes exteriores, são preferíveis plantas artificiais de PVC que são muito resistentes e também realistas.

Madressilva

Se não gosta de plantas artificiais, pode escolher plantas naturais que se caraterizem pela sua resistência e durabilidade. É o caso das trepadeiras anuais, como a madressilva, ou algumas variedades de hera, que são muito fáceis de plantar e se agarram a qualquer coisa que lhes permita crescer em altura. Em sepulturas, plantas rasteiras que cobrem o solo ou gerânios naturais, decoram grandes espaços e requerem cuidados mínimos. As plantas perenes, como a lavanda e a íris, também são muito fáceis de plantar e exigem menos cuidados do que outras plantas, resultando sempre muito bem na ornamentação de uma sepultura.

Coroa branca a partir de 299.00 €
Homenagem Rosa a partir de 119.00 €
Coroa com Flores Mistas a partir de 129.00 €
Doce despedida a partir de 69.99 €

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top