Oferecer rosas é enviar uma mensagem rica em significados! Descubra-os para expressar as suas emoções claramente e sem mal-entendidos!

«– Os homens do teu planeta, disse o principezinho, cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim … e não encontram o que procuram …
– Não encontram, respondi…
E, no entanto, o que eles procuram poderia ser achado numa só rosa, ou num pouquinho d’água …
– É verdade.
E o principezinho acrescentou:
– Mas os olhos são cegos. É preciso procurar com o coração.»

O Principezinho
Antoine de Saint-Exupéry

Muitos poetas e escritores encontraram na rosa a alegoria do amor. Venerada pelos homens desde a Antiguidade, só a rainha das flores pode expressar plenamente todos os matizes de sentimentos. Ao longo da sua história, a rosa foi construindo uma linguagem complexa e simbolicamente muito rica. Embora seja atualmente a flor cortada mais vendida no mundo, particularmente no Dia dos Namorados, é necessário conhecer os códigos da linguagem das flores para oferecer rosas e expressar as suas emoções claramente e sem mal-entendidos!

Doçura dès 54.99 €
Canção de Amor dès 44.99 €
Amor dès 69.99 €
Atenea dès 29.99 €

Que cor de rosas oferecer?

Branco, vermelho, amarelo… qualquer que seja a cor das pétalas das flores, um buquê de rosas irá sempre agradar a quem as receber. No entanto, é aconselhável conhecer o significado de dar rosas e algumas regras da linguagem das flores para melhor expressar as suas emoções e não cometer um erro ou mal-entendido de que se possa arrepender!

Rosas vermelhas

Significados: não é segredo que a rosa vermelha é a flor do amor e da paixão, do poder e da profundidade dos sentimentos. Portanto, deve ser reservada para expressar o amor ardente, apaixonado e duradouro!

A quem deve dar rosas vermelhas: exclusivamente a quem ama, para testemunhar o seu amor e a sua paixão, por exemplo, no Dia dos Namorados.

Rosas brancas

Significados: a rosa branca expressa acima de tudo a pureza e sinceridade dos sentimentos e também amor casto, afetividade e paz. Pode presentear rosas brancas em muitas circunstâncias, não sendo necessariamente amorosas.

A quem deve dar rosas brancas: é o presente ideal para felicitar os recém-casados ou alguém que se encontra num novo começo. Também pode exprimir um amor a florescer ou sincero. No entanto, o significado de dar rosas brancas também pode ser «Eu gosto de ti, mas a nossa relação será platónica!» Se quiser expressar um sentimento de amor apaixonado, adicione algumas rosas vermelhas ao seu bouquet para se expressar ainda mais claramente.

Rosas amarelas

Oferecer rosas amarelas

Significados: o amarelo simboliza a luz, o calor e a luz do sol. Portanto, a rosa amarela é ideal para expressar sentimentos de amizade. Mas tenha cuidado! Na linguagem do amor, o significado de dar rosas amarelas é muito mais delicado e pode expressar uma traição, uma infidelidade ou mesmo uma rutura, um perdão pedido ou concedido… Cuidado com os mal-entendidos!

A quem deve dar rosas amarelas: a um amigo próximo como sinal de amizade ou a um amante a quem deseja confessar um erro, pedir ou conceder perdão… Para evitar qualquer ambiguidade, não se esqueça de juntar um pequeno cartão com as suas palavras ao seu buquê.

Rosas cor-de-laranja

Oferecer rosas cor-de-laranja

Significados: a rosa cor-de-laranja expressa desejo carnal, admiração e entusiasmo. Se a presentear a alguém que está a namorar, estará a revelar os seus sentimentos e intenções muito explicitamente. 

A quem deve dar rosas cor-de-laranja: a quem quer deixar claro que sente atração ou a quem realmente admira.

Rosas rosadas

Oferecer rosas cor-de-rosa

Significados: a rosa rosada transmite afeto, gentileza, modéstia, lealdade e presta homenagem à beleza feminina, tornando-a o presente ideal para uma mulher. Pode expressar um sentimento de amor, mas o significado de dar rosas rosadas é muito mais suave do que o da rosa vermelha. Num buquê misto, a sua presença reforça a mensagem das outras flores.

A quem deve dar rosas rosadas: a uma jovem mãe, a uma mãe, a quem ama como sinal da sua lealdade, ou a quem deseja revelar a sua atração de uma forma discreta. Também é perfeita para presentear integrada num ramo de flores no Dia da Mãe.

Doçura dès 54.99 €
Canção de Amor dès 44.99 €
Amor dès 69.99 €
Atenea dès 29.99 €

Quantas rosas oferecer?

O significado do número de rosas num ramo varia segundo a quantidade de flores que compõem o bouquet. Quantas rosas oferecer? É uma questão muito frequente e a resposta encerra muitos segredos e simbologias.

Por razões estéticas, ou seja, para assegurar que o ramo de flores tem uma forma harmoniosa, deve oferecer rosas em número ímpar quando se trata de ramos com menos de 10 rosas. Noutros casos, como o buquê é maior, pode escolher um número par. Para buquês com menos de 10 rosas, é costume apresentar o buquê com os caules virados para cima quando é oferecido.

Descubra algumas simbologias associadas à quantidade de flores que compõem o bouquet. 

  • 1 rosa para expressar um amor à primeira vista.
  • 2 rosas para pedir perdão.
  • 12 rosas para agradecer ou acompanhar um pedido de casamento.
  • 24 rosas no auge da paixão.
  • 36 rosas em vermelho para confessar o seu amor e em branco ou rosa para um ramo de noivado.
  • 101 rosas para expressar um amor louco.

Sabia que…

  • Quanto mais aberta é a flor, mais explícita é a mensagem da flor oferecida. Se as rosas estiverem em botão, a sua mensagem será tingida com uma certa timidez e reserva.
  • Há uma maneira clara de romper um relacionamento: presentear rosas sem caules…
  • As Bodas de Rosa simbolizam 17 anos de casamento.
  • Na linguagem das flores, as rosas azuis simbolizam a juventude e a possibilidade de cumprir os desejos.
  • Segundo a lenda, Cleópatra e Marco António teriam passado a sua primeira noite de amor numa cama de pétalas de rosa com 45 cm de espessura…

A rosa na história, uma flor rica em símbolos

A rosa tem sido venerada desde a Antiguidade: os gregos e romanos consideravam-na um presente dos deuses oferecido à terra e a toda a humanidade. Uma flor protagonista de muitas lendas, tornou-se a flor da deusa Vénus ou Afrodite para os Gregos, a deusa do Amor. É considerada um símbolo do regresso da primavera e da fragilidade do mundo.

Na Antiguidade, a rosa assinalava a sua presença em muitos eventos. Durante os festivais de Flora ou os festivais de Baco, eram exibidas em coroas e as suas pétalas eram espalhadas no chão. Graças ao seu perfume inebriante, a rosa era associada à alegria e embriaguez que caracterizava os banquetes. Era também utilizada para felicitar os soldados quando regressavam das batalhas.

A rosa também era utilizada em cerimónias religiosas como, por exemplo, nos casamentos, onde a sua beleza, frescura e doçura fizeram dela um símbolo da virgindade e da modéstia. Era também utilizada para homenagear os mortos, decorando monumentos funerários. E também floriam e ornamentavam as Rosálias, os festivais dedicados à memória dos defuntos.

Na religião cristã, a rosa encerra muitos símbolos. É simultaneamente uma expressão do martírio e do sangue de Cristo e uma representação da Virgem Maria. Desde os tempos da poesia da Idade Média, o seu simbolismo foi ainda mais enriquecido: a rosa tornou-se a alegoria do amor considerado simultaneamente poderoso, frágil e perigoso, da fragilidade da vida, da perfeição inalcançável e também da personificação da pessoa amada.

Doçura dès 54.99 €
Canção de Amor dès 44.99 €
Amor dès 69.99 €
Atenea dès 29.99 €

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top