O que fazer quando o nosso amado gato cruza o caminho das nossas plantas favoritas? Devemos realmente pensar nos tipos de flores e plantas de interior quando temos um gato? Se  é fã de flores e gatos, deve ter notado que nossos amigos de bigode gostam de mordiscar a planta Yucca e de usar a terra do Philodendron como se fosse uma caixa de areia. Infelizmente, sua atração por flores não está realmente relacionada à sua estética. Pelo contrário, você deve ter notado que os gatos têm um prazer maligno em destruir seus buquês, roer e derramar vasos. Existem soluções naturais e seguras para o seu gato. A Interflora oferece algumas dicas para manter suas plantas e seu gato no mesmo ambiente, sem complicações.

Por que seu gato gosta de comer as plantas de casa?

As razões pelas quais os gatos gostam de plantas de interior são várias. A primeira diz respeito principalmente àqueles que não têm ou quase não têm acesso ao exterior. Quando o gato sai para o jardim, talvez o tenha visto a comer grama. Trata-se de um comportamento perfeitamente normal, que depois o leva a regurgitá-la. Vomitar faz parte de sua maneira natural de purgar e regular seu trânsito. Infelizmente, se ele não tiver acesso ao exterior e às plantas do jardim, ele atacará as plantas verdes da sua sala de estar. Se você se esforçou para fazer estacas de plantas (estaquia), seu gato pode danificar todo o seu trabalho. Isto porque ele está a procurar por fibras. Esta é uma maneira de compensar seu apetite, já que consome apenas croquetes e patê.

Uma outra razão está puramente ligada ao espírito brincalhão dos felinos. Eles gostam de ser notados porque às vezes ficam entediados. O estresse e o tédio são razões que os levam a brincar com as nossas plantas verdes.

Dicas para evitar que seu gato coma as plantas

Fornecer-lhe fibras

As primeiras razões que levam os felinos a comer as nossas plantas são a regulação do trânsito intestinal e a busca por fibras. Para compensar esta falta de fibras, poderá comprar erva-gateira em pet shops. Ela fornecerá o suprimento necessário para o trânsito intestinal do seu gato e deverá acalmar os desejos de comer suas plantas.

Espantá-lo com odores que ele não gosta

Se o desejo de mordiscar as folhas de sua ficus estiver relacionado ao desejo de brincar do seu gato, será necessário aplicar um desses truques de avó, que felizmente são muitos e funcionam. Seja qual for a planta verde que atrai tanto o seu animal de estimação, você pode afastá-lo, colocando cheiros que ele não suporta. O olfato do gato é sete vezes mais intenso do que o do humano. Por exemplo, ele odeia o cheiro de frutas cítricas. Então, basta colocar uma pequena tigela com suco de limão ao lado do vaso de flores. Não despeje o suco de limão diretamente no vaso, com o risco de danificar a planta devido ao seu nível de acidez. Por outro lado, é possível ralar algumas raspas e colocá-las diretamente no pé da planta.

Assim como o cheiro de frutas cítricas, a borra de café também é um bom repelente natural, pois é amarga, e os gatos não gostam da amargura do café. Então, basta colocar um pouco de borra no pé de suas plantas ou no solo. Além disso, este conselho também funciona para as plantas do jardim e elas lhe agradecerão porque a borra de café é um fertilizante natural notável. 

Além disso, se seu gato usa regularmente a terra dos vasos para fazer suas necessidades, ou mesmo para afiar suas garras ou andar sobre a terra, este truque lhe será útil. De fato, se ele pisar no café, terá uma surpresa desagradavel durante sua rotina de limpeza. Assim, ele só precisará fazer isso duas ou três vezes para entender que não deverá pisar na planta novamente. Depois do limão e do café, outros cheiros odiados pelos gatos são os que os fazem espirrar. Os animais de estimação não gostam do que é picante. A pimenta moída os impede de se aproximar demais das plantas. Mais uma vez, é possível polvilha-las em seus vasos de plantas. A mostarda tem o mesmo efeito que a pimenta. O truque da avó é diluir a mostarda em água e usar esta mistura em um vaporizador. Em seguida, borrife a água sobre a planta.

Ajudá-lo a livrar-se do tédio

Se o seu gato fez das plantas o seu parque de diversões, é que pode faltar alguns brinquedos para passar o seu tempo e brincar. Tente colocar à sua disposição jogos e objetos diversificados. Alguns jogos destinam-se a ser mordidos, mastigados, raspados, lançados. Portanto, considere oferecer-lhe uma árvore para gatos, bolas de borracha e, possivelmente, itens de corda resistente para compensar seu desejo de morder, que ele muitas vezes preenche rasgando as plantas.

Atenção à saúde do seu gato

Lembre-se também que é aconselhável manter os animais longe de certas plantas, pois elas podem ser tóxicas. A Dieffenbachia, o Philodendron, a Yucca e a Ficus são quatro plantas muito apreciadas para decorar o interior, mas são tóxicas para os gatos, e igualmente para os cães. A Yucca, por exemplo, pode causar cólica ou hipotermia. Já a Dieffenbachia está na origem de muitas consultas de urgência no veterinário, pois são venenosas. Essas plantas podem causar edema da língua e membranas mucosas bucais se as folhas forem ingeridas por uma criança, um cão ou um gato. Portanto, é melhor aplicar as recomendações acima mencionadas para afastá-los do perigo, além de preferir plantas pet friendly.

Dejar una respuesta