medida que o verão se aproxima do seu fim, chega a hora de realizar uma série de cuidados no seu jardim e de o preparar para as temperaturas frias de inverno. Para manter o jardim saudável, é importante realizar uma planificação de medidas adequadas durante o outono, uma época vital para minimizar os problemas que possam surgir no crescimento das plantas e garantir os melhores resultados durante a primavera. Com um pouco de dedicação e as recomendações que lhe oferecemos na Interflora, poderá manter o seu jardim em perfeito estado este outono.

Cuidados básicos do jardim no outono

Com a chegada do outono, o nosso jardim começa a transformar-se: as folhas mudam de cor, vão murchando até cair e o crescimento das plantas começa a decair. Nesta época é primordial não nos esquecermos do jardim e seguir uma série de cuidados específicos para o deixar em perfeitas condições:

  • Limpar as folhas caídas: retire as folhas secas para que as plantas e a relva se oxigenem adequadamente e recebam o máximo de luz possível. Pode colocá-las no contentor correspondente ou reutilizá-las para elaborar o seu próprio composto.
  • Podar as plantas: o outono é o momento em que as plantas se preparam para entrar no seu repouso vegetativo. A poda ajuda-as a receberem de forma ótima todos os nutrientes necessários para aguentar temperaturas baixas. Deste modo, recomenda-se que, durante as primeiras semanas de outubro, se recortem as cercas vivas e arbustos de folha perene para lhes dar forma e estimular o seu posterior crescimento, para além de retirar as folhas mortas e as flores murchas das plantas.
  • Adubar: juntamente com a poda, o adubamento é um passo imprescindível para favorecer o desenvolvimento adequado das plantas na primavera. No outono, tanto a relva como as plantas precisam de um adubo de libertação lenta e rico em potássio, já que este aumenta a sua resistência e protege as raízes durante o inverno.
  • Tratar da relva: a relva também requer cuidados especiais nesta época. Após aguentar as temperaturas altas do verão, o seu crescimento vai abrandando pouco a pouco à medida que as temperaturas descem e é necessário prepará-la para enfrentar o frio. Recolhe as folhas secas de forma regular para favorecer a sua oxigenação e utiliza um fertilizante orgânico rico em potássio para reforçar a sua resistência ao frio. Relativamente ao corte, recomenda-se diminuir a frequência e aumentar a altura do corte para proteger as raízes.
  • Plantar bolbos, árvores e cercas vivas: o começo do outono é um momento ideal para transplantar e plantar árvores ou arbustos de variedades específicas, uma vez que a terra ainda está quente e suficientemente húmida graças à chuva. O mesmo facilita que as plantas tenham tempo para se assentar e formar raízes novas antes da chegada do clima cálido da primavera. Além disso, é a estação do ano perfeita para plantar bolbos, tais como narcisos, jacintos ou tulipas e flores resistentes ao frio, tais como amores-perfeitos, crisântemos ou ciclâmenes. A chave para as novas plantas crescerem em todo o seu esplendor reside na preparação correta do solo: utilize fertilizantes que melhorem a sua estrutura e lhes agreguem os nutrientes necessários com regularidade.
  • Regar com moderação: devem-se ter em conta as condições climatéricas de cada zona para determinar a frequência da rega. À medida que as temperaturas começam a descer, é importante reduzir e espaçar o tempo de rega para evitar que as raízes apodreçam. De modo geral, uma ou duas vezes por semana será suficiente. No caso de viver em zonas com chuvas frequentes, não será necessário regar. Se tiver um sistema de rega instalado, não se esqueça de o reprogramar para reduzir a frequência.
  • Vasos e plantas de outono: renove o ambiente e acrescente um toque de cor ao colocar plantas de outono na sua varanda. Na Interflora propomos-lhe plantas resistentes ao frio e fáceis de manter, tais como a Bromélia, a Anthurium ou o centro Siroco, composições elegantes e que chamam a atenção, ideais para decorar o seu jardim nesta época do ano.

Dejar una respuesta