Árvore de Natal

Sua presença é tão habitual que nem nos perguntamos qual é a história dele.

A árvore de Natal é um dos protagonistas dessas festas.
Tudo começou no Natal em 1514 em Tallinn, a capital da Estônia. Um grupo de homens solteiros, comerciantes e empresários na área que se chamavam a Irmandade dos Blackheads (a Irmandade dos Blackheads) decidiu colocar uma árvore dentro da sede de sua irmandade durante as férias. Na noite do dia de Natal, eles levaram a árvore para a Praça da Câmara Municipal e lá eles começaram a dançar ao redor dela organizando uma festa.

Parece que a idéia foi gostada e, pouco a pouco, foi estabelecido que, durante os dias do Natal, uma árvore decorada foi colocada na praça do mercado. O bacharel e os jovens se encontraram na noite de Natal e, depois de algumas horas de dança e alegria, queimavam a árvore.

Essas primeiras árvores de natal também foram colocadas nos mais importantes edifícios das cidades do norte da Alemanha. As crônicas nos dizem que já em 1570 os abetos foram decorados com maçãs, nozes, datas e flores de papel que as crianças pegaram no dia de Natal.

Desde então, os abetos, adornados com todos os tipos de ornamentos, se elevam todos os anos em casas, edifícios públicos e ruas para continuar a iluminar o Natal nos lugares mais distantes do planeta.

Dejar una respuesta